Projeto "100 Palavras"

O Projeto “100 Palavras” teve início no segundo semestre de 2020, em parceria com a CiM - Companhia de Dança e com o apoio do Instituto Nacional para a Reabilitação (INR, I.P.).

Este Projeto foi desenvolvido com o objetivo de promover a Dança Inclusiva, contando assim com a participação de crianças e jovens com deficiência e de crianças e jovens sem deficiência nas aulas de dança.


Face à situação pandémica, as aulas iniciaram de forma online, com caráter semanal. No final do ano de 2020, foi lançado um inquérito que alcançou vinte respostas, todas com feedback particularmente positivo, revelando muita satisfação pelas atividades e pela respetiva organização. Com efeito, as aulas de Dança Inclusiva permitiram dinamizar momentos de descontração e de distração, particularmente importantes numa fase onde era necessário garantir o cumprimento do isolamento social e onde as relações sociais foram marcadas pela distância.

Em 2021 foram propostas aulas de dança e expressão artística com caráter regular, dirigidas a crianças e jovens com e sem necessidades especiais, com idades compreendidas entre os seis e os dezasseis anos de idade. Nestas aulas, que tiveram lugar no Centro Escolar das Paredes, participaram uma média de vinte a trinta crianças. Também desta vez foi divulgado um inquérito de satisfação, contudo apenas se obtiveram sete respostas. Ainda assim, foi possível constatar que houve muita satisfação ao nível do horário das aulas, da alegria sentida pelas crianças e da facilidade de contacto com a Associação Rising Child, pelo que a maioria das respostas indicam que “recomendariam vivamente” o Projeto 100 Palavras. Consequentemente, no espaço para fazerem comentários finais, um dos Encarregados de Educação afirmou ter “pena que o projeto seja suspenso! A minha educanda está a semana toda à espera das aulas de dança. Trabalhar com a diversidade é um desafio constante e conseguir equilibrar a balança entre a nossa motivação e os vários constrangimentos que aparecem no caminho nem sempre é fácil! Por favor não desistam, pois ver a alegria na cara da minha filha quando chega o dia da dança é maravilhoso!


Com efeito, encontraram-se diversos pontos positivos e diversos pontos negativos mas, num âmbito geral, este Projeto permitiu, de uma forma clara, contribuir para a inclusão das crianças com deficiência, utilizando a dança como um meio para essa finalidade. As crianças tiveram a oportunidade de se expressarem de forma artística, num ambiente onde todas participavam, independentemente das suas dificuldades e das suas limitações.


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo