QUEM SOMOS

"Ninguém escapa ao sonho de voar, de ultrapassar os limites do espaço onde nasceu, de ver nascer lugares e novas gentes.

Mas saber ver em cada coisa aquele algo que a define como especial, um objeto especial, um amigo, é fundamental. Navegar é preciso, reconhecer o valor das coisas e das pessoas mais ainda.”

 Antoine de Saint-Exupery

Duas mulheres abraçadas

A nossa história

A 19 de Janeiro de 2018 e em nome da humanidade nasce a Rising Child. É uma Organização Não Governamental para pessoas com deficiência, sem fins lucrativos, de direito português, laica e apolítica.

A Associação nasce da vontade da agora presidente, em trabalhar com crianças com deficiência, especialmente amputados, com o fim de melhorar a qualidade de vida e promover a igualdade de oportunidades para estas crianças.

 Este sonho foi lançado em 2017 aos restantes membros, que acabaram por abraçá-lo, formando agora uma equipa de 11 pessoas a lutar pela mesma causa. Estes elementos estão distribuídos por 3 órgãos de gestão e abarcam um vasto leque de valências profissionais.

a nossa missão

Defender, agir e prevenir os abusos dos direitos das crianças com deficiência. 

a nossa VISÃO

Ser uma Associação de referência, num mundo em que todas as crianças, jovens e adolescentes portadores de deficiência têm os seus direitos assegurados de forma a atingir a igualdade para todos.

os nossos valores

Humanidade: Proteger a vida e a saúde.

Imparcialidade: Não fazer distinção com base na raça, sexo ou ideologia política.

Neutralidade: Não tomar partido de ordem política, filosófica ou religiosa.

Independência: Desempenhar funções com base nas nossas próprias decisões. 

Universalidade: Todos temos os mesmos direitos.

Respeito pela diferença: Genuíno interesse na mudança de atitudes face à diferença.

Transparência: Chave mestra de toda a nossa atuação.

Compromisso: Para com todos os nossos parceiros.

a nossa ESTRUTURA

A Rising Child tem na sua estrutura pessoas especializadas em diferentes áreas, o que lhe permite atuar com sucesso no seu âmbito:

  • Médicos

  • Psicólogos

  • Educadores de infância/ Professores

  • Assistentes Sociais

  • Fisioterapeutas

  • Engenheiros

  • Gestores e especialistas em comunicação